Translate

Mostrando postagens com marcador celebridade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador celebridade. Mostrar todas as postagens

10 agosto 2022

Clima e a política da vergonha


A divulgação recente de que celebridades usavam seus jatos de maneira excessiva trouxe a tona a possibilidade de usar a imagem como uma forma de coibir que algumas pessoas contribuam para o aquecimento global. 

Uma pesquisadora calculou que os bilionários, famosos por seu estilo de vida glamoroso, estavam contribuindo com uma grande quantidade de emissão de carbono. Especificamente, a pesquisa mostrou que 20 destes bilionários emitiam, em média, 8.194 toneladas métricas de CO2 na atmosfera, por ano. Uma pessoa média emite menos de 5 toneladas. Isto parece não se justo. 

Esse desequilíbrio é injusto, especialmente enquanto o resto da população está deprimida e se sente culpada por sua reciclagem desleixada ou por dirigir um SUV. Pior ainda, enquanto os super-ricos têm pegadas gigantes de carbono, sua riqueza também lhes permite evitar as terríveis consequências da mudança climática. Eles podem pegar um jato particular para fugir de inundações ou furações e só veem fome e pobreza pelas janelas de suas limusines blindadas.

Uma potencial solução é a "vergonha do carbono", lembrando os super poluidores e forçando uma mudança de atitude. Esta é a opinião da pesquisadora.

Na contabilidade parece que isto não funciona completamente. As empresas de auditoria deveria fazer seu trabalho e o principal incentivo seria a reputação. Mas muitos escândalos contábeis, como colar na prova de ética para continuar seu trabalho, parece indicar o contrário

07 março 2022

Contabilidade de um acordo pré-nupcial

 

A vida de celebridade pode ser interessante como exemplo em sala de aula ou até mesmo pois temos, em alguns casos, exemplos de aplicação de conhecimento contábil. Tracy Coen, uma contadora especializada em fraudes, traz o exemplo recente do acordo pré-nupcial entre Kim Kardashian e Kanye West. Fiz diversas adaptações no texto para mostrar o ponto de vista anterior.

Em 2013, a celebridade Kim Kardashian e o músico Kanye West passaram a viver juntos. Logo após terem um filho, ambos fizeram um acordo pré-nupcial. Este tipo de acordo é comum quando há um grande fluxo de dinheiro envolvendo o casal. É relevante para um eventual divórcio, pois facilita a separação econômica do casal, e quando existe uma grande diferença na renda entre o casal, estabelece os direitos de cada uma das partes.

Neste sentido, o acordo pré-nupcial funciona como o princípio da "entidade". Na empresa - especialmente de menor porte - é muito comum a confusão entre as contas da empresa e as contas do dono. A entidade incentiva a separação entre os dois, facilitando medir o real sucesso da empresa. Não é somente por isto que defendemos a entidade, mas certamente é um bom motivo.

Voltando ao caso de Kardashian e Kanye, em casos de "artistas", a renda pode variar muito ao longo do tempo. E o padrão de riqueza também. Em termos contábeis, os "ativos" dos envolvidos podem ser diferentes, da mesma forma que as "receitas". Isto faz com que o acordo pré-nupcial precise indicar tanto os ativos, as dívidas (o passivo) e as receitas de cada parte. Em 2014, o casal informou que a receita seria de 9,1 milhões de dólares e 8,4 milhões, em 2011 e 2012, para Kim, e 1,9 milhão e 4,6 milhões, na mesma ordem, para Kanye. Ou seja, Kim gerava mais receita que Kanye. Além disto, Kim tinha uma casa de 9 milhões - seu principal ativo tangível, e Kanye um condomínio em Nova York.

Sabendo a posição financeira de cada uma das partes era necessário estabelecer as regras de convivência financeira do casal. O acordo pré-nupcial estabelece isto e inclui o que acontece com os ativos que tinham antes do acordo e o que irá acontecer com os recursos após o acordo. Neste caso, Kim e Kanye manteriam os ativos anteriores separados. Kanye ajudaria na reforma da casa de Kim, mas seria reembolsado. Finalmente, o acordo também pode indicar a responsabilidade de cada um nas despesas com os filhos do casamento, a exemplo do que ocorreu com Kelly Clarkson . No caso de Kelly, pode até ajudar - quem sabe - em um eventual despejo de uma das partes.

 Ambos têm advogados de divórcio conhecidos por representar celebridades da lista A em seus divórcios. Suspeito que mais informações financeiras sejam divulgadas, já que Kanye faz o possível para arrastar esse divórcio.

29 maio 2019

Anel de noivado

A partir de um estudo sobre a função do anel de noivado (tamanho, valor, a beleza do noivo(a), etc)

O tamanho do anel de noivado parece uma compensação paga pelo marido a uma esposa pela tarefa relativamente desagradável do casamento.

Isto me fez lembrar o anel de 5 milhões de Kate Perry (por exemplo aqui) ganhou no início do ano pelo noivado.

13 maio 2019

Adele e a Contabilidade Pessoal

Depois do divórcio de Bezos, foi confirmada a notícia que a cantora Adele também estaria separando. Um texto da Forbes mostra não somente a importância do acordo pré-nupcial, mas a relevância da contabilidade pessoal e o aspecto comportamental deste tipo de acordo. Grifo do blog:

A notícia do divórcio de Adele e Simon Konecki foi surpreendente para muitos, mas surpresa maior foi a notícia de que a estrela e seu marido não teriam assinado um acordo pré-nupcial. Sob a lei da Califórnia (EUA), Konecki pode ter direito a até metade dos ganhos da cantora a partir do momento da oficialização da união. Se eles escolherem dar entrada na separação no Estado, onde possuem algumas propriedades e Konecki tem o escritório de sua empresa, o casal pode ter de dividir tudo de maneira uniforme. Adele já presenteou Konecki com uma propriedade no valor de mais de US$ 600.000, que alguns vêem como uma indicação de que a divisão pode ser amigável. A própria cantora disse em uma entrevista à “Vanity Fair” que o dinheiro “não é uma parte importante” da sua vida.

A falta de um acordo pré-nupcial pode parecer incomum na atmosfera quase contratual de Hollywood em torno dos relacionamentos e até do casamento. Há uma percepção de que esses documentos são parte da vida e que todas as pessoas ricas os possuem. Mas, na verdade, apenas cerca de 5% dos casados ​​têm acordos pré-nupciais, e apenas 15% dos divorciados dizem que se arrependem por não terem aderido ao contrato. Há advertências óbvias: Steven Spielberg descobriu da maneira mais difícil que os acordos pré-nupciais precisam ser um documento legal, um erro que lhe custou US$ 100 milhões. Ambos os lados precisam de aconselhamento adequado e uma contabilidade completa de seus ativos, o que pode tornar o custo de um acordo pré-nupcial financeiramente impraticável para alguns.

O outro lado do debate sobre o acordo pré-nupcial é emocional, baseado na percepção de que tal documento, ou mesmo o desejo de assiná-lo, significa predestinar o relacionamento ao fracasso. Pode até ser visto como uma indicação de que não há confiança na relação. A realidade é que um pré-nupcial é uma ferramenta constitucional importante, que pode ser usada para proteger os bens da família, tornar fácil as transições e responsabilizar os indivíduos. Em um clima em que até 50% dos casamentos acabam em divórcio, um acordo pré-nupcial ainda não é uma prática comum.

26 abril 2019

Conta no Instagram fiscaliza gasto caros de pastores


  • Uma conta do Instagram está postando fotos de pastores dos EUA com suas roupas de grifes
  • E o valor de cada produto

Uma conta do Instagram, denominada PreachersNSneakers, está provocando uma mudança de comportamento de um grupo de pessoas: pastores de igrejas. Nos Estados Unidos, não no Brasil. A conta basicamente posta fotografias de pastores de celebridades usando roupas de grife caras. Ao lado, o custo de cada material. Veja uma postagem do pastor John Gray com um tênis que custa 5,6 mil dólares ou quase 22 mil reais.

Os pastores e seguidores mais fieis dizem que são presentes que ganham ou que são compras realizadas com dinheiro que obtiveram. Mas não deixa de ser um gasto frívolo e esbanjador, usualmente condenado por muitas religiões. Vários dos pastores possuem amizade com celebridades, como Chad Veach, amigo de Justin Bieber. Alguns deles mudaram suas contas no Instagram.

Fonte: Oh No They didn´t  (um site sobre celebridades)

28 novembro 2018

Oficialmente desaparecida

Fan BingBing é uma das atrizes chinesas mais conhecidas. Entre seus trabalhos, Cell Phone e X-Man Dias de um Futuro Esquecido. Por este motivo, desde 2013 é a celebridade chinesas mais bem paga, segundo a Forbes, mais do que Jack Chan.

Em maio de 2018, um apresentador de televisão paresentou um contrato em que Fan teria recebido 10 milhões de yuans para trabalhar em Cell Phone 2. No dia seguinte, este mesmo apresentador apresentou um segundo contrato, com um valor de 50 milhões de yuans, pelo mesmo trabalho. Isto despertou a curiosidade das autoridades fiscais da China, que começaram a investigar o caso como evasão fiscal.

Fan desapareceu por três meses, inclusive das mídias sociais. Em outubro, Fan aparece, pedindo desculpas por ter cometido o crime de evasão fiscal. As informações divulgadas afirmam que Fan ficou presa neste período e só foi libertada depois do pagamento de 883 milhões de yuans ou 127 milhões de dólares em impostos e multas. Além disto, afirmou estar “envergonhada” e fez elogios as autoridades chinesas. Da multa, a maior parte deve ser paga pela própria Fan, dentro de um prazo acertado com as autoridades (mas não revelado). Caso não pague, o fisco chinês irá transferir o caso para as autoridades de “segurança pública”. O comunicado oficial da autoridade chinesa não esclarece o que isto significa.

A punição de um celebridade tem um impacto sobre as pessoas. Não importa o quão famoso você seja, passar três meses “publicamente desaparecido” pode ser um castigo substancial, além de perder a reputação.

04 outubro 2018

Quanto um influenciador ganha por postagem?

Um texto da BBC (aqui em espanhol) mostra que o número de seguidores é um variável relevante para determinar o ganho que um influenciador tem por postagem. A escala é a seguinte:

10 mil seguidores = 130 dólares para cada post
30 mil seguidores = 970 dólares para marca de moda ou beleza
1 milhão de seguidores = 13 mil dólares
Kylie Jenner (quem?) = 16 milhões de seguidores no Instagram, 25 milhões no Twitter e 21 milhões no Facebook. Ganha cerca de US $ 1 milhão por um único post .

Outros exemplos extremos:

Selena Gomez : 139 milhões de seguidores, US $ 800.000 por postagem.
Cristiano Ronaldo : 137 milhões de seguidores, US $ 750.000 por postagem.
Kim Kardashian West : 114 milhões de seguidores, US $ 720.000 por postagem.
Beyonc e Knowles : 116 milhões de seguidores, US $ 700.000 por postagem.

Mas o ganho depende de como é feita a postagem, o tipo de produto promovido e até a rede social (Instagram dá mais dinheiro que Facebook e Twitter, por exemplo).

20 setembro 2018

Trambiqueiro da Malásia

O fundo de investimento 1MDB foi criado para permitir do desenvolvimento econômico de longo prazo da Malásia. Criado em 2009, o fundo está diretamente ligado ao governo do país asiático. Desde 2015 existem diversas denúncias sobre a gestão do fundo. Há uma acusação formal do Departamento de Justiça dos Estados Unidos informando que mais de 3,5 bilhões de dólares foram desviados. Um relatório do auditor geral, feito em 2016, foi considerado como um “segredo oficial de Estado” e somente com a vitória da oposição nas eleições é que o seu texto foi divulgado. Em maio de 2018, a PwC foi contratada para fazer uma auditoria no fundo.

Desde 2009 o fundo tem sofrido críticas sobre a transparência. Provavelmente o dinheiro foi roubado pelo ex-chefão da Malásia, Najib Razak, e pessoas próximas, como Jho Low. Este “financista” malaio, de 37 anos, está foragido

Low tem diversas ligações com celebridades e usou o dinheiro saqueado do fundo para presentear seus amigos. A história parece coisa de cinema e um livro já foi lançado contando alguns dos casos: Billion Dollar Whale. As celebridades são: Paris Hilton (que recebeu mais de 100 mil dólares por evento, relógio Cartier e 250 mil em fichas de jogo) (foto) parece que foi sua namorada, assim como Miranda Kerr (que recebeu um colar de 1,3 milhão, além de festas e passeios) e Elva Hsiao (festas, joias, dinheiro etc), com amizade com Foxx, Leonardo Di Caprio (que fez um papel de trambiqueiro em um filme) e Alicia Keys.

12 setembro 2018

Ex-atleta diz ter sido subtraído em US$ 77 milhões

Durante anos, Kevin Garnett foi um jogador de basquete de destaque da NBA. Em 15 oportunidades foi convocado para o jogo das estrelas, que reúne os melhores jogadores da temporada. Agora, Garnett parece ter sido subtraído em 77 milhões de dólares. O jogador acusa o gerente de patrimônio, preso, e o ex-contador.

O engraçado é que o gerente de patrimônio também enganou Tim Duncan, tendo sido condenado por isto, e Duncan e Garnett se odiavam  nas quadras.

O roubo parece que contou com a participação dos bancos, que transferiram dinheiro de Garnett para a conta do gerente de patrimônio.

Situações como esta mostram como celebridades, que ganharam muito dinheiro no passado, perdem seu dinheiro, seja com gastos desnecessários ou por serem enganados por amigos e funcionários. 

12 julho 2018

Jovem bilionária

Uma pesquisa no blog mostra que já citamos várias vezes Kylie Jenner. Quem? Em 2015 estava na lista dos adolescentes influentes, em 2017 cada postagem no Instagram valia perto de 100 milhões de dólares, neste ano ela sua empresa de cosmético que fez 420 milhões de receita em 18 meses de funcionamento e no início de 2018 ela tuitou sobre o Snapchat e esta empresa perdeu 1 bilhão de valor de mercado (aqui também).

Agora a Forbes listou Jenner como "youngest self-made US bilionaire", apesar da dúvida se cosmético seria realmente "self-made". Não deixa de ser impressionante e revela sobre a influência da celebridade no nosso mundo.

Lembrando: Jenner é uma das Kardashian.

06 março 2018

Desconto Hiperbólico

Uma explicação para a razão de uma pessoa fazer tatuagem (e outra não) é dada sob a forma do conceito de desconto hiperbólico. É o mesmo conceito usado para explicar a razão de procrastinar. A tatuagem também aumenta a dispersão das notas em sites de namoro (e isto é bom) e afeta o mercado de trabalho (isso não é bom).

Mas quando a tatuagem possui um erro, isso é muito chato. Especialmente se for uma pessoa famosa, como é o caso de Emma Watson, a Herminione de Harry Potter. Ela fez uma tatuagem temporária no seu braço com "Times up" (e não "Time´s up") e a exibiu durante a festa do Oscar.


Em tempo: A campanha Time's Up arrecada fundos para apoio psicológico e jurídico para mulheres vítimas de assédio e violência sexual. Watson participa ativamente das campanhas e recentemente fez uma doação de 1 milhão de libras.

24 fevereiro 2018

Um tuíte valendo ... 2

Reuteurs insinua que Kylie Jenner, que destruiu US$1 bilhão do valor da Snapchat, deveria ensinar os contadores. Going Concern responde:

se o valor da sua empresa é altamente dependente dos caprichos de pseudo-celebridades superficiais e vagas, então, descobrir como explicar isso pode valer a pena. Eu acho que isso também pode ser um sinal de que você não tem muito negócio

Um tuíte valendo US$1 bilhão

Um simples tuíte fez uma empresa perder mais de US$1 bilhão em valor de mercado. Na quinta feira, Kylie Jenner (quem?) tuitou uma mensagem onde expressa seu descontentamento com a nova versão do Snapchat dizendo algo como “alguém não abre mais o Snapchat ou sou só eu?”. Muitos responderam de maneira afirmativa, em razão das mudanças recentes no aplicativo.

Com apenas 20 anos, Jenner é considerada uma das jovens mais influentes do mundo. Possui uma grande presença nas mídias sociais, assim como sua família. E tem uma marca de perfumes com um grande crescimento nas vendas. 

11 dezembro 2017

Cientista Kardashian

O índice Kardashian foi criado para verificar se a popularidade de um cientista na rede social é muito maior que sua popularidade nos meios acadêmicos. O nome do índice é uma homenagem a família de atrizes modelos celebridades com pouco conteúdo.

Quando o número de seguidores de um acadêmico no Twitter supera substancialmente o número de citações tem-se um cientista Kardashian. Para o caso inverso, temos um cientista subestimado nas redes sociais.

Aqui tem-se a calculadora para o índice. Se o valor for acima de 5, você é um cientista Kardashian.

Particularmente acho que existe um viés para o Brasil, já que o Twitter não é tão popular entre nós.

08 novembro 2017

Lista

Uma postagem no instagram pode ter um custo de meio milhão de euros. É o que cobra Selena Gomez, que possui 122 milhões de seguidores. Eis a relação e o custo de cada postagem:

1. Selena Gomez - 122 milhões de seguidores, 485 mil euros por post (foto)
2. Kim Kardashian - 100 milhões e 440 mil
3. Cristiano Ronaldo - 104 milhões e 353 mil euros
4. Kylie Jenner - 95 milhões e 353 mil
5. Kendall Jenner - 82 milhões e 327 mil
6. Khloe Kardashian - 68 milhões e 221 mil
7. Kourtney Kardashian - 58 milhões e 221 mil
8. Cara Delevingne - 40 milhões e 132 mil
9. Gigi Hadid - 35 milhões e 106 mil
10. Lebron James - 31 milhões e 106 mil

É interessante que são 8 mulheres, sendo cinco da mesma família. Os dois homens são esportistas e Cara e Gigi são modelos.

11 outubro 2017

Comportamento inadequado de celebridades

Uma citação interessante do Marginal Revolution:

O empirismo sugere que as celebridades se envolvam em comportamentos anti-sociais e outros socialmente não aprovados do que as não-celebridades. Eu considero uma série de razões para esse fato, incluindo uma nova teoria, na qual os trabalhadores que são menos substituíveis estão habilitados a se engajar em maiores níveis de mau comportamento (...)

Mas existem custos neste comportamento, como a redução no obtenção de receita de anunciantes. Entretanto, a transparência imperfeita pode ocorrer, como no caso de Weinstein ou Roger Abdelmassih,  Mais aqui e aqui

20 setembro 2017

Ranking: Celebridades mais perigosas

Fonte: McAfee (via aqui). Este ranking mostra as celebridades mais perigosas. Quando você pesquisar o nome de "Avril Lavigne" há um risco de 14,51% nos resultados; são endereços com ameaças online.

15 janeiro 2016

Celular da Celebridade



Como se você precisasse de mais provas de como as celebridades vivem em um mundo diferente do nosso, aqui mostramos o que acontece quando uma conta no Instagram com 8 milhões de seguidores publica uma foto — a conta em questão é a 433, que posta vídeos e fotos sobre futebol [do jogador holandês Demy de Zeeuw]. (...)

Em vez disso, o smartphone fica temporariamente inutilizável devido ao bombardeio de sua popularidade. Parece até que está rodando algum tipo de script hacker no telefone, mas tudo não passa de centenas de milhões de pessoas pelo mundo abrindo o app e curtindo sua foto sobre o nada.