Translate

12 abril 2021

Pequenas e grandes empresas ao longo do ciclo de negócios

 Resumo:

This paper uses new confidential Census data to revisit the relationship between firm size, cyclicality, and financial frictions. First, we find that large firms (the top 1% by size) are less cyclically sensitive than the rest. Second, high and rising concentration implies that the higher cyclicality of the bottom 99% of firms only has a modest impact on aggregate fluctuations. Third, differences in cyclicality are not simply explained by financing, and in fact appear largely unrelated to proxies for financial strength. We instead provide evidence for an alternative mechanism based on the industry scope of the very largest firms.


Crouzet, Nicolas, and Neil R. Mehrotra. 2020. "Small and Large Firms over the Business Cycle." American Economic Review, 110 (11): 3549-3601.

Rir é o melhor remédio

 


Fonte: Aqui

Vai que é sua, Brasil

Ainda não estamos na recuperação pós-pandêmica — que chegue logo  — mas a China e os EUA estão. Isso, economicamente falando, tem grandes benefícios para o Brasil.

Como assim? Com a recuperação das duas potências, que devem crescer entre 6% e 7% nesse ano, aumenta a procura por produtos primários (minério de ferro, soja, açúcar, petróleo, etc), que são commodities com forte peso na balança exportadora brasileira.

Analistas já enxergam o momento como um novo “superciclo de commodities”, uma janela de oportunidade para sairmos da crise.

Há quem espere uma expansão de 59% na exportação agropecuária e de 34% na indústria extrativa em 2021. Especialistas em investimentos acreditam que as empresas tradicionais brasileiras — da “economia real” — tendem a sair ganhando.

Para entender a importância: as commodities representam mais de 60% de tudo o que é exportado pelo Brasil. Somado à alta do dólar, o saldo comercial deve ter recorde. No último ano, o petróleo, o minério de ferro e a soja tiveram altas de mais de 100%.

Outro fator importante… A expectativa é que o pacote trilionário de Joe Biden para a infraestrutura aumente a procura por produtos como minério de ferro e aço.

Risco futuro: Em relação a soja, a China está querendo complicar as coisas. O país, que é o maior importador de grãos no mundo, determinou que cada província terá que produzir anualmente pelo menos 650 milhões de toneladas de soja. O objetivo é claro: tornar-se independente de nações exportadoras no longo prazo, como Brasil e EUA.

Fonte: Aqui

11 abril 2021

Fim do crescimento econômico? Consequências do declínio populacional

Resumo:

In many models, economic growth is driven by people discovering new ideas. These models typically assume either a constant or growing population. However, in high income countries today, fertility is already below its replacement rate: women are having fewer than two children on average. It is a distinct possibility — highlighted in the recent book, Empty Planet — that global population will decline rather than stabilize in the long run. In standard models, this turns out to have profound implications: rather than continued exponential growth, living standards stagnate for a population that vanishes


Fonte: The End of Economic Growth? UnintendedConsequences of a Declining PopulationCharles I. Jones*Stanford GSB and NBER





10 abril 2021

Ibovespa no seu máximo?


 Eis a evolução do Ibovespa, de 2000 até março de 2021. Parece que estamos no seu máximo. Mas isto é ilusão da moeda. Levando em consideração a inflação, medida pelo IPCA, o Ibovespa em termos reais é assim:

Os números atuais são expressivos, mas ainda maio de 2008, com 147 mil pontos (inflacionados para preços de hoje) ainda é bastante elevado. 


Outro experimento questionado


Outro experimento, na área da psicologia, está sendo questionado.  David Rosenhan (1929-2012, foto) é um pesquisador que conduziu um experimento que ficou conhecido com o seu nome. Este estudo foi dividido em duas partes. A primeira, usou pessoas sadias (pseudopacientes) que simularam comportamentos para serem admitidos em hospitais psiquiátricos em diversos locais nos Estados Unidos. Neste caso, ninguém foi barrado.

Na segunda parte, foi solicitado as instituições que tentassem localizar estes pacientes. E muitos pacientes reais foram catalogados na listagem. O experimento foi realizado entre 1969 a 1972 com oito pessoas saudáveis. Com base nos resultados, um artigo foi publicado na Science em 1973. O artigo possui mais de 4 mil citações, segundo o Scholar, e questionou a psiquiatria, sendo muito citado. Como lançava dúvida sobre os pareceres na área, os depoimentos dos profissionais em tribunais ficaram fragilizados. 

Uma das pessoas que foram influenciadas pela pesquisa foi a jornalista Susannah Cahalan. Ela decidiu investigar a pesquisa e teve acesso aos arquivos de Rosenhan. Mesmo com a documentação, Cahalan não conseguiu identificar os pacientes, mesmo entrevistando pessoas que conheceram Rosenhan e até olhando os registros de quem ela suspeitou que pudesse estar envolvido no experimento. 

Cahalan escreveu um livro contando sua investigação, chamado The Great Pretender (ou o Grande Farsante). Há um resumo da sua história aqui

09 abril 2021

Home Office e Produtividade





Most companies in the U.K. will ask employees to return to the office after the pandemic because working from home hurts productivity, a Bank of England policy maker said.


Jonathan Haskel, a member of the central bank’s monetary policy committee, said information and communications technology is the only industry that indicating that staff can get more done from home. He analyzed data from an Office for National Statistics survey.

“A net balance of firms across the vast majority of industries does not intend to use home working as a permanent feature,” Haskel said in a webinar on Friday. “It’s likely that the majority of industries will return to the workplace when the pandemic restrictions are lifted, lessening the impact of structural change from this quarter.”

Fonte: aqui

Rir é o melhor remédio

 Uma série de cartoon e xadrez do Cartoon Moviment










08 abril 2021

Previsões de curto ou longo prazo


As previsões meteorológicas de cinco dias agora são tão precisas quanto as previsões de um dia eram em 1980. As previsões modernas de 72 horas de rastros de furacões são mais precisas do que as previsões de 24 horas eram há 40 anos. Ninguém sabe até onde os meteorologistas podem levar suas previsões com precisão, mas eles estão tentando .

É uma história promissora de avanço científico, que pesquisadores em vários campos - da economia às doenças infecciosas - estão procurando replicar. E muitos formuladores de políticas estão apoiando modeladores com quantidades substanciais de recursos.

Fonte: aqui

Isto pode ser um alento para a Contabilidade, que resolveu arriscar e associar as informações contábeis com as previsões. Mas ao contrário da meteorologia, a Contabilidade não trabalha com situações de previsões diárias, com um feedback constante, que permite ajustar o modelo. 

Rir é o melhor remédio

 

Sendo produtivo

07 abril 2021

Latim como língua oficial?


Parece piada, mas não é. Com a saída do Reino Unido da Comunidade Europeia, alguns políticos europeus aproveitaram a oportunidade para questionar o uso da língua inglesa nos documentos oficiais e nas conversas entre os burocratas e políticos. A França tem liderado este questionamento.

Atualmente somente Irlanda e Malta possuem a língua inglesa como oficial, mas quase 100% dos documentos já produzidos estão na língua de Shakespeare.  Os franceses querem que o francês seja adotado como primeira língua na Europa. Há também outra proposta: o uso do latim

Dois pontos sobre o texto: o latim é usado no Vaticano e olhar a experiência deles poderia ser interessante. E alguém pensou no Esperanto?

Seguro desemprego para consumo no Brasil

O seguro desemprego no Brasil, durante a crise do Covid, teve um comportamento que mereceu um estudo publicado na American Economic Review. Um resumo pode ser encontrado aqui. A principal conclusão:

The differences between the two groups are striking. Expenditures for both groups tracked closely before losing their jobs, but then diverged when they stopped working. Fired workers reduced their spending 26 percent in the first month, while laid-off workers skyrocketed. Interestingly, spending for fired workers’ remained lower than laid-off workers in the months after that, even though fired workers were reemployed at a higher rate.

O seguro desemprego reduziu o incentivo do trabalhador em procurar trabalho. Não estaria no momento de rever a política? 

Feira de Livros

 A Feira de Livros da Unesp começou esta semana e vai até o dia 11/04. Há ótimos livros com desconto de 50%, mas é necessário navegar pelas editoras para chegar aos livros em promoção: aqui.



Fórum Econômico Mundial apoia relatórios ESG

 

O Fórum Econômico Mundial divulgou um texto pedindo para que os executivos das empresas apoiem os padrões globais de relatórios ambientais, sociais e de governança. O Fórum entende que esta é uma condição necessária para termos uma sociedade sustentável. A questão da comparação parece ser fundamental nesta discussão, segundo o Fórum. Para isto é necessário (1) uma entidade independente para desenvolver estes padrões - isto está coerente com o que a Fundação IFRS defende (2) que seja adotado nos mercados de capitais de cada país e (3) que use a experiência ja existente dos relatórios atuais. Via aqui

Rir é o melhor remédio

 

Na placa, em holandês, ingês e alemão, as boas vindas. Em francês, "adeus". Fonte: aqui. Aproveitando a questão do nacionalismo:


Universidade da Noruega cita Estados Unidos como subdesenvolvido. 

06 abril 2021

Teste do Marshmallow Revisado

 O teste do Marshmallow é um dos experimentos mais conhecidos na área comportamental. Para quem não conhece, o vídeo mostra uma reprodução do teste para os dias atuais. Uma criança tem o seguinte desafio: se ele não comer o Marshmallow, em poucos minutos receberá outro. Para isto, a criança precisa resistir a tentação da gula. 

O vídeo mostra a reação de diferentes crianças. Algumas não resistiram e comeram logo o doce. Outras tentaram resistir não olhando para o doce ou fazendo outra coisa. A reação das crianças diante da tentação é muito engraçada e isto popularizou o teste. Mas não somente isto. O teste foi aplicado em uma escola pelo psicólogo Walter Mischel, entre 1967 e 1973. Anos depois, Mischel foi verificar o que tinha ocorrido com as crianças. Ele percebeu que as crianças que tinham resistido a comer o doce apresentaram melhor desempenho enquanto adultas. Mischel observou diversos fatores para chegar a esta conclusão, como a riqueza, a posição social, hábitos de alimentação, uso de drogas e outros. A partir da conclusão desta pesquisa, muitos educadores (e pais) começaram a valorizar a importância de resistir à tentação. 

Agora um estudo atualizou a pesquisa de Mischel e chegou a resultados diferentes. Neste estudo, a quantidade de tempo que uma criança levou para comer a guloseima não conseguiu prever o comportamento em adulto, conforme pesquisa publicada no Journal of Economic Behavior and Organization. Entre os autores do estudo está Mischel e os ex-alunos dele, Yuichi Shoda e Philip K. Peake. Além deles, David Laibson, Alexandra Steiny Wellsjo e Nicole L. Wilson. Mischel passou cerca de uma década trabalhando neste artigo. Ele contribuiu com as hipóteses do estudo, incluindo aquelas que parecem contradizer as conclusões de seus estudos anteriores. Ele faleceu em 2018, antes de sua conclusão. 

Um longo artigo sobre o novo estudo pode ser encontrado aqui

Carga Tributária

Com dados da Economática, coletei o lucro antes de imposto de renda das empresas e a despesa de imposto de renda. Da amostra retirei as empresas com prejuízo e empresas onde os dados não estavam disponíveis ou apareciam "zero". O número de empresas caiu para 330 no último ano e 340 em 2016. 

Mas este o valor da média e esta influenciado pelos extremos. Se em lugar usar a mediana, o valor fica mais próximo da alíquota que está ocorrendo na prática. Eis o resultado:

A carga caiu de 25% (2016 e 2017) para 23% (2018 a 2020). Esta seria a alíquota praticada, na mediana, no país.


Custo de Funcionamento

 

A STN divulgou o custo de funcionamento do Poder Executivo, exceto Ministério da Saúde, entre 2019 e 2020. A pandemia reduziu 10% deste custo, inclusive material de consumo, passagens, vigilância e outros. 

Rir é o melhor remédio

 

Classificação de livros na livraria. Pós pandemia. (Encaminho por Sérgio Nazaré, grato)

05 abril 2021

Custo Social do Carbono


O novo governo dos Estados Unidos parece mais comprometido com a questão ambiental. Um grupo de trabalho foi criado para fazer estimativa do custo para sociedade da emissão de gases. Em termos mais técnicos, o custo social do carbono. Ao calcular este custo, isto pode ajudar na seleção de projetos públicos e nas normas sobre o assunto. 

Se o número calculado for muito baixo, projetos ruins podem ser iniciados. Se for muito alto, haverá uma paralisia nos investimentos. No governo Obama utilizou um método de cálculo através da estimativa dos danos da emissão de uma unidade marginal de carbono. A estimativa foi de 50 dólares por tonelada em 2030. 

Ao mesmo tempo, há uma expectativa, pelo acordo de Paris de 2015, que devemos buscar um aquecimento global de 1,5 a 2 graus Celsius em relação ao existente antes da revolução industrial. Além disto, o governo Obama usou uma taxa de desconto de 3%. Quanto maior for a taxa, menor a relevância que estamos hoje dando as gerações futuras. 

Veja uma crítica de Stiglitz e Stern aqui. Imagem aqui

Taxa de submissão

 

Do Journal of Financial Economics. Veja que o valor de mil dólares será devolvido para os artigos aceitos. Um valor para desencorajar a submissão de pesquisas de "baixa" qualidade. Mas será que isto não cria um incentivo ao Journal em recusar artigos? 

Fundos Verdes são verdes?


Uma denúncia: alguns fundos verdes não são realmente verdes. A participação dos fundos que focam na questão ambiental, social e governança (ESG) no total de fundos é cada vez maior. Entretanto, alguns destes fundos não possuem investimento em empresas de energia renovável ou algo do gênero. 

A Bloomberg observa que a Parnassus, com 25 bilhões de ações, tem investimento em uma empresa de gás industrial, uma fabricante de máquinas agrícolas e empresa de produção de bombas de água. E na Microsoft e Amazon. Alguns destes fundos chegaram a ter ações de empresas de combustíveis fósseis. 

Algumas possíveis explicações para os fundos ESG não serem tão ESG assim. Em primeiro lugar, quando você anuncia que é "bonzinho" as pessoas irão verificar se você realmente faz aquilo que propaga. Isto inclui seus clientes, mas também os concorrentes, que estão perdendo clientes para estes fundos. Segundo, o fato de você estar focado em ações ESG não significa que tenha que desprezar o desempenho do fundo. Assim, ter investimento em empresas que permitam acompanhar o mercado pode evitar que o investimento seja questionado no seu desempenho. Terceiro, o conceito de "verde" é muito complicado. Há discussões relevantes se o investimento em automóveis elétricos seria "verde", já que usa materiais para sua bateria que degradam o ambiente. 

Imagem: aqui

Fake News e Wikipedia


Sou fã da Wikipedia. Uso bastante e já fiz doação para a Fundação. Mas, por ser "aberta", há muito preconceito contra seu conteúdo. Um artigo do The Conversation mostra como pesquisar a Fake News. E o autor, usando uma notícia que o Big Ben foi roubado dos palestinos, diz:

Então, indo lateralmente, fui direto para a Wikipedia para pesquisar o Big Ben . Ao contrário das rejeições esnobes de alguns acadêmicos, a Wikipedia é talvez o mecanismo mais robusto de revisão por pares já criado. Embora possa ser editado por qualquer pessoa e as entradas sobre tópicos controversos sejam ocasionalmente imprecisas, os processos de supervisão e controle editorial da Wikipedia , incluindo a insistência em citações precisas para fundamentar afirmações, tornam-no uma primeira parada útil em qualquer jornada de verificação de fatos.

Imagem: Wikipedia

Educação e Pandemia


Uma história narrada por Joe Hoyle. Hoyle é professor de contabilidade com uma larga experiência e divide algumas das suas experiências no seu blog. 

Eu estava entrevistando uma de nossas alunas ontem (no Zoom, é claro) para um prêmio de aluno excepcional que é concedido a cada ano em nossa formatura. Esta aluna em particular eu conheço muito bem. Tenho respeito pelas opiniões dela. Então, fiz a ela uma pergunta sobre a qual tenho pensado muito recentemente: “Qual é a melhor coisa em ser uma estudante universitária durante uma pandemia?” Por um breve momento, ela olhou para mim como se eu tivesse perdido a cabeça, porque não era uma pergunta que ela tinha ouvido antes ou mesmo considerado. Todos parecemos fixados nas partes ruins do ano passado. 

Como eu esperava, essa aluna se recuperou imediatamente e deu uma resposta fabulosa: “Aprendi a fazer tantas coisas que nunca pensei que pudesse fazer. Fiquei confortável com todos os tipos de tecnologia que eu nem sabia que existiam. De muitas maneiras, eu estava em uma rotina e a pandemia me tirou dessa rotina e me empurrou para me tornar um estudante melhor. ”

Foto: aqui

Rir é o melhor remédio


 Como será luxuoso o avião no futuro

04 abril 2021

Criatividade

Hoje parece que é o dia de postagens sem relação com a contabilidade, mas que estavam guardadas há tempos no Feedly. Depois de "vida" e "círculos", eis outro exemplo de criatividade

Vida

Uma animação sobre a vida


Magnum fez parceria com a Powerhouse Animation Studios, criadores de Castlevania e Seis Manos, para dar vida a duas histórias [uma delas acima] que oferecem expressões únicas da alegria de ir atrás do que lhe traz prazer, não importa quem você seja ou do que você tenha prazer.

Círculos

 

Quando o símbolo da Mastercard, da Audi e dos Jogos Olímpicos se encontram

Rir é o melhor remédio

 

Quando faço a prova

03 abril 2021

Ativos Reais e Privados

 Resumo:


Real and private-value assets—defined here as the sum of real estate, infrastructure, collectibles, and non-corporate business equity—is an investment class worth an estimated $85 trillion in the U.S. alone. Furthermore, private values can affect pricing in many other financial markets, such as that for sustainable investments. This paper introduces the research on real assets and private values that can be found in this special issue. It also reviews recent advances—and suggests new research directions—on a number of topics in the real assets space that we believe to be particularly important and exciting.


Fonte: Real and Private-Value AssetsWilliam N. Goetzmann, Christophe Spaenjers, and Stijn Van NieuwerburghNBER Working Paper No. 28580

02 abril 2021

Rir é o melhor remédio

 

Não está gostando de contabilidade

Rapidez da Vacinação em Israel explicada


A rapidez com que Israel iniciou a vacinação pode ser explicada por dois fatores. O primeiro ministro, Netanyahu, estava disposto a pagar US $ 30 a dose, ou 50% a mais do que o governo dos Estados Unidos. O segundo fator é que Netanyahu fez disto um interesse político, aceitando compartilhar os dados sobre a vacina e entrando em contato, insistentemente, com o presidente da Pfizer. 

O texto mostra como o presidente da Pfizer tomou decisões difíceis sobre o desenvolvimento do produto e assumiu diversos riscos. E também teve que lidar com políticos e governos. 

Efeito da Pandemia na Geração Futura

Mesmo nos termos econômicos mais estreitos, isso tem um preço bastante alto. Eric A Hanushek e Ludger Woessmann calculam, em um relatório da OCDE, que os estudantes “afetados pelos fechamentos [das escolas] podem esperar uma renda cerca de 3% menor ao longo de toda a sua vida”. Como essas crianças um dia serão um quarto ou mesmo um terço da força de trabalho, o crescimento econômico deve ser 1,5 por cento menor a cada ano “pelo resto do século”. Esse cálculo foi feito em setembro, quando acrescentaram: “Essas perdas econômicas aumentariam se as escolas não pudessem reiniciar rapidamente”.

Fonte: aqui. Foto: aqui

Governo, Taxa de Desconto e Custo do Carbono


Um dos desafios da contabilidade ambiental é estimar o valor do impacto ambiental. Por ser algo que irá afetar diversas gerações no futuro, a taxa de desconto tem um papel crucial neste processo, assim como o seu valor (custo, em alguns métodos). Um dos métodos usados para avaliar o impacto da emissão de carbono é através do preço do carbono. O método já foi considerado uma opção importante para a OECD, a entidade que reúne diversos países ricos do mundo ocidental (vide, por exemplo, o documento Adapting Transport Policy to Climate Change, de 2016). 

Além disto, a taxa de desconto deve ser usada pelas empresas nas decisões de investimento. Um taxa de desconto que leva em consideração o custo do carbono, via preço de mercado, pode tornar viável ou inviável certos projetos. 

A Comunidade Europeia resolveu atuar via o preço do carbono no mercado. Veja a notícia do Financial Times de 16 de março (Accounting needs to be stepped up for climate change costs, Alan Livsey)

A UE reduziu a oferta de créditos disponíveis para a indústria e acelerou a taxa necessária de redução de emissões nos 40 anos a 2030 de 40% a 55%. Isto ajudou a empurrar o preço do carbono da UE a $48 por tonelada, um aumento de 83 por cento em um ano. 

Por sinal, o texto do Financial Times lembra que algumas empresas estão dispostas a evidenciar certas informações ambientais, desde que isto não obrigue reconhecer como despesa as consequências para o ambiente. 

Risco em 2021


As autoridades europeias divulgaram um relatório sobre o risco. A seguir, um resumo do resumo:

À luz destes riscos e incertezas, as AES aconselham as autoridades nacionais competentes, as instituições financeiras e os participantes no mercado a tomar as seguintes medidas políticas: 

  • Prepare-se para uma deterioração esperada da qualidade dos ativos : os bancos devem ajustar os modelos de provisionamento para lidar adequadamente com o impacto do choque econômico da pandemia e para garantir o reconhecimento oportuno dos níveis adequados de provisões. (...) Para os supervisores, as políticas de provisionamento dos bancos devem continuar a ser um ponto de atenção especial; 
  • Continuar a desenvolver outras ações para acomodar um ambiente de taxas de juros "baixas por muito tempo" e seus riscos 
  • Garantir práticas de crédito sólidas e precificação adequada dos riscos 
  • Siga políticas conservadoras sobre dividendos e recompra de ações : quaisquer distribuições não devem exceder os limites de prudência; e 
  • Os fundos de investimento devem aumentar ainda mais a sua preparação face a potenciais aumentos nos resgates e choques de avaliação

Rir é o melhor remédio

 

Fonte: aqui

01 abril 2021

Orçamento de 2021

 



[...]

É sintomático que os números do Orçamento aprovado sejam também bastante distintos do quadro apresentado pelo governo no relatório bimestral de avaliação orçamentária, de 22 de março. A LOA nasceu subestimada. Esse fato é ainda mais curioso quando nos lembramos da proximidade com que a Comissão Mista de Orçamento do Congresso trabalha em relação ao Executivo.

No caso do abono salarial, em razão de decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), cerca de R$ 7,5 bilhões referentes ao programa poderão ser postergados para 2022. A concretização disso depende de uma medida provisória.

A partir do cancelamento de despesas obrigatórias, as discricionárias foram fixadas em R$ 139,1 bilhões, aumento de R$ 26 bilhões em relação ao projeto inicial do Orçamento. Os acréscimos promovidos nas emendas parlamentares poderão acabar cortados. Vale dizer, a regra que protege as emendas parlamentares da tesoura do Executivo, ainda que parcialmente, abrange as emendas individuais, mas não as emendas de relator e de comissões permanentes, que foram elevadas na apreciação da LOA.

Mas um problema adicional surgirá. Essa provável necessidade de suplementar as dotações orçamentárias das despesas obrigatórias pelo cancelamento de emendas só poderia tornar-se viável com aprovação de um projeto de lei. Caso contrário, será preciso cortar despesas discricionárias do Executivo, pondo em risco o funcionamento da máquina pública.

Se o cenário da IFI para as despesas obrigatórias se confirmar, será preciso contingenciar R$ 31,9 bilhões a fim de cumprir o teto de gastos. Como o rompimento do teto não parece estar nos planos do governo, os cortes têm probabilidade alta de ser realizados. Para ter claro, a burla ao limite de gastos, sobretudo depois da aprovação da Emenda Constitucional 109, poderia ensejar consequências além do campo fiscal. Isso porque o acionamento dos gatilhos – medidas automáticas de ajuste – não está mais vinculado ao teto.

O governo gastou tempo valioso para emendar a Constituição com o que considerou ser “a maior reforma fiscal em 22 anos”. Na verdade, as regras fiscais contidas na Emenda 109 não produzirão efeito fiscal efetivo para a União. Em paralelo, o Orçamento de 2021, que mereceria atenção especial, neste ano – por já estar atrasado e dado o contexto da pandemia – ficou em segundo plano.

Mesmo diante da evidente necessidade de obter recursos para financiar o auxílio emergencial, os R$ 26 bilhões adicionados nas emendas parlamentares não levaram em conta esse fator. Desse incremento, R$ 8,6 bilhões foram destinados à saúde. A contenção de gastos promovida, poder-se-ia argumentar, é notória. Afinal, foram cortadas despesas obrigatórias. Mas as aparências enganam.

O corte será rapidamente neutralizado pela realidade. As despesas obrigatórias – ressalvada a explicação já mencionada para o abono salarial e, talvez, a despesa menor com subvenções – já estão superando os números da LOA. Concomitantemente, o governo terá de contingenciar as despesas discricionárias, com o agravante de que a parcela do Executivo inclui despesas difíceis de cortar, como o custeio da máquina pública, já em níveis bastante baixos. Aprovou-se, assim, um Orçamento pouco realista. Não custa lembrar a surrada frase: “Orçamento, no Brasil, é peça de ficção”.

Do ponto de vista fiscal e orçamentário, a prioridade, agora, deveria ser a concepção de um programa de consolidação fiscal de médio prazo. No pós-pandemia, será preciso recobrar as condições de equilíbrio da dívida pública em relação ao produto interno bruto (PIB). O Orçamento de 2021, tardiamente aprovado, não colaborou para isso e pode ter aberto caminho à contabilidade criativa.

Fonte: aqui

Impostos: Pessoa Física versus Pessoa Jurídica

 

O gráfico é interessante e deve mostrar uma tendência que talvez esteja ocorrendo no Brasil. Na linha azul, os impostos pagos por pessoa física. Na branca, impostos pagos por pessoa jurídica. E cobre mais de um século.  

Durante as duas guerras mundiais, as empresas foram taxadas, mas desde os anos cinquenta, a distância na taxação entre empresas e pessoas aumentou. Hoje a carga tributária está centrada nas pessoas. 

Volks faz pegadinha no dia da mentira e o preço da ação caiu pois...

Recentemente postamos que a Volkswagen era uma grande surpresa no mercado. Depois do escândalo da falsificação do teste de poluentes, a empresa era a principal concorrente da Tesla, segundo o mercado. E isto tinha aumentado o seu valor de mercado.

Eis que a empresa resolveu fazer uma pegadinha para o dia da mentira, 1o de abril, e soltou um comunicado afirmando que a empresa estaria mudando de nome, para Voltswagen, um trocadilho com o mercado de carro elétrico. 

O problema: o comunicado não saiu no dia da mentira. A empresa teve que desmentir a mudança de nome e o mercado não gostou. Eis a reação:


Nota: não é mentira

Finanças da Fundação IFRS

 

A Fundação IFRS publicou suas demonstrações contábeis. Algumas observações sobre seu resultado:

  • A receita própria, obtida com publicações e atividades relacionadas continua avançando. Mas as contribuições corresponderam a 18 milhões de libras em um total de 30 milhões. 
  • A entidade gerou lucro e fluxo das operações, novamente. Com isto, boa parte da estrutura de capital é composta de lucros retidos
  • O caixa e equivalentes aumentou de 10 milhões para 15 milhões, sendo o segundo ativo mais relevante da entidade. O primeiro, investimentos, classificados no não circulante. 
  • As empresas de auditoria contribuíram com 2,3 milhões de libras (de uma receita de 30 milhões). A dependência destas empresas, em termos de contribuição financeira, reduziu muito nos últimos anos. 
  • Japão e China, com mais de 2 milhões de doações, se destacam no relatório por país. O Brasil fez doações de 132 mil. O grupo Itaú é o grande destaque. Ao contrário do que ocorreu no passado, o Conselho Federal de Contabilidade não apareceu como destaque nesta lista. 

Sustentabilidade e a Fundação IFRS

 

No Relatório Anual da Fundação IFRS, o destaque foi a questão da sustentabilidade. A palavra em inglês foi citada 28 vezes. Mais que Covid, citada 26

Incentivos e Covid

Com a possibilidade de uma volta ao "normal" em alguns lugares do mundo, há uma tendência de exigir "certificados de vacinação", "teste negativo" e outros documentos para frequentar lugares, viajar para o exterior ou até mesmo entrar em certos locais. 

Junto com esta tendência, apareceu a possibilidade de obter estes itens no mercado negro. 

A inundação da dark web com resultados de testes falsos, é claro, destaca uma das maiores falácias da ideia de passaportes de vacina ou da necessidade de comprovar vacinações: garantir a integridade dos testes e dos resultados dos testes. Também pode indicar o grande número de pessoas que não têm interesse em se vacinar, mas obviamente estão interessadas em voltar à realidade.

(Isto lembra, de certa forma, o caso dos empresários que vacinaram de maneira clandestina)