Translate

13 junho 2015

Fato da Semana: Auditoria no Vaticano (semana 23 de 2015)

Fato da Semana: O Vaticano anunciou a nomeação de Libero Milone, italiano de 66 anos de idade, como o primeiro auditor-geral.

Qual a relevância disto?  As congregações religiosas tendem a acreditar que seus membros estão acima das maldades mundanas. Por este motivo, geralmente os controles são frouxos, pretensamente garantidos pela boa conduta do fiel. Entretanto, diversos escândalos financeiros ocorreram não somente na Igreja Católica, mas também em outras igrejas; e vários deles foram resultados de ausência de controles. Dan Ariely já tinha mostrado que a fé pode reduzir a desonestidade, mas não elimina.

O Vaticano está reconhecendo que o auditor pode ser um profissional útil, capaz de ajudar no melhor aproveitamento dos recursos.

Positivo ou Negativo – Positivo.

Desdobramentos – Somente no longo prazo, mas provavelmente a gestão financeira do Vaticano irá mudar. Para melhor. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário