Translate

16 setembro 2016

Quando você espera a amortização

Quando o preço do seu principal produto sofre uma queda no mercado é natural que a empresa faça as contas sobre a capacidade de geração de caixa futura dos ativos. Se a redução é muito expressiva, certamente a isto irá provocar a constatação de que muitos destes ativos não possuem potencial para gerar riqueza. O teste de recuperabilidade irá determinar que alguns destes ativos (ou parte deles) devem ser reconhecidos como perda.

É o que ocorreu com a Vale no ano passado. Diante da queda expressiva do preço dos minérios, a empresa reconheceu que parte dos seus ativos não possuía valor econômico e reconheceu isto com uma amortização de R$36 bilhões no final de 2015.

Mas parece que isto não está ocorrendo com a Exxon Mobil, segundo notou o Wall Street Journal (via aqui). Apesar da queda nos preços do petróleo, a empresa não fez uma grande amortização das suas reservas. E isto tem chamado a atenção dos analistas – e também do procurador-geral de Nova Iorque. O agravante é que a empresa comprou a XTO Energy, de exploração de xisto. Apesar de parecer que a amortização seria inevitável, a Exxon não fez ainda.

Nenhum comentário :

Postar um comentário