Translate

27 junho 2016

Processo Eletrônico

Sobre a implantação do processo eletrônico na Universidade de Brasília:

A adoção do processo eletrônico trouxe algumas consequências positivas bem claras. Em primeiro lugar, é inegável a melhoria na prestação dos serviços e o ganho de eficiência. Se anteriormente um processo orçamentário de interesse da Faculdade do Gama tinha que ser transportado por mais de quarenta quilômetros, hoje isto é feito usando o comando “enviar processo”. E a partir daí a Faculdade do Gama pode acompanhar o andamento do processo em todas as instâncias e os despachos que foram realizados.

Outro benefício é a economia de recursos. Para criar um processo ou fazer um despacho não é mais necessário imprimir os documentos. Com o fim das idas e vindas do papel físico, as pessoas podem se dedicar a tarefas mais nobres. Neste momento não sabemos ainda qual o impacto em termos monetários da decisão, mas acreditamos que existe e não é desprezível.

Não é possível esquecer a transparência, com a possibilidade de acompanhar os processos e verificar os despachos que foram feitos. Este é um ganho imensurável para o usuário. E isto pode ser feito a partir da tela do computador, sendo possível comparar o tempo de tramitação do seu processo com os outros em andamento.

Finalmente, o processo eletrônico é uma garantia na integralidade dos documentos. Alguns processos importantes que tramitam pela UnB possuem mais de mil páginas. No processo físico é muito difícil garantir a integralidade do mesmo; no digital, a incorporação de um documento impede que o mesmo seja retirado ou trocado, trazendo uma grande tranquilidade para o gestor.


Continue lendo aqui

Nenhum comentário :

Postar um comentário