Translate

09 março 2016

Perguntas

Em janeiro de 2015 o jornal Valor Econômico publicou algumas incertezas sobre a Petrobras. Logo a seguir, ousamos responder estas incertezas.

Tamanho do Rombo
Valor em Janeiro de 2015: Os investidores queriam saber o tamanho do rombo causado pelos desvios de corrupção na Petrobras, se eles serão registrados retroativamente ou não e como isso afetará o lucro da companhia de 2014 e consequentemente o pagamento de dividendos dos acionistas ordinaristas.
Blog em Janeiro de 2015: será uma estimativa e não deverá levar em consideração os problemas mais antigos de corrupção da empresa. Já fizemos uma estimativa aqui de 20 bilhões, mas acredito que a empresa deverá colocar um número compatível com o resultado apurado. Minha avaliação é que o valor estará entre 10 e 20 bilhões.
O que ocorreu? Como se pode perceber, erramos no valor. A empresa declarou um valor de 6 bilhões, mas é difícil de acreditar que este seja o valor próximo ao que ocorreu. Os valores não foram registrados retroativamente e afetaram o pagamento de dividendos.

Baixa por Conta da Redução do Preço do Petróleo
Valor em Janeiro de 2015: Os investidores queriam saber se, além dos ajustes da corrupção, a companhia fará outras baixas no balanço por perda de valor recuperável de ativos, diante da queda do petróleo para um nível que tira a rentabilidade do pré-sal, e como isso afetará os planos futuros da companhia.
Blog em Janeiro de 2015: Não acredito. Como o foco é o valor da baixa pela corrupção, isto pode ficar para depois. Além disto, a empresa pode afirmar, com uma certa dose de razão, que o preço é volátil.
O que ocorreu? A empresa está desativando alguns investimentos e vendendo outros. Mas não noto uma relação explicita com o preço do petróleo.

Tamanho do corte de investimentos para não tomar empréstimos
Valor: Os investidores adorariam saber qual o tamanho do corte dos investimentos que a companhia terá que fazer neste ano, para conseguir passar o exercício sem precisar tomar empréstimos, conforme prometido.
Blog: punição às empreiteiras irá ajudar neste corte. Nos últimos anos a empresa teve fluxo de caixa de investimento negativo entre 53 bilhões de reais em 2008 e 77 bilhões em 2013. Deve ficar entre 30 bilhões e 50 bilhões em 2015, mas com valores mais próximo ao valor mínimo.
O que ocorreu? A empresa tomou empréstimo da China e também fez alguns cortes de investimento. Na divulgação das demonstrações iremos ter uma ideia do valor.

O que falta para a empresa publicar o balanço auditado e se as demonstrações anuais serão publicadas no prazo?
Valor: Os investidores precisam saber o que falta para a companhia conseguir publicar um balanço auditado, e se o demonstrativo anual sairá dentro do prazo, sem risco de sanções por parte da Securities and Exchange Comission (SEC).
Blog: A PwC é quem irá determinar esta publicação. Tenho sérias dúvidas se o balanço será limpo.
O que ocorreu: Foi publicado no limite máximo.

Vai processar os executivos?
Valor: Os investidores ficariam felizes de saber que alguém vai pagar a a conta das perdas bilionárias que serão registradas, e que a Petrobras vai processar seus executivos corruptos ou ineptos por falta de diligência.
Blog: Não
O que ocorreu: a empresa já recebeu uma pequena parcela da justiça, mas graça ao esforço de terceiros. Não sabemos se os executivos foram processados, se ainda recebem aposentadoria ou possuem fundo de pensão ou se alguém foi demitido.

Nenhum comentário :

Postar um comentário