Translate

20 novembro 2015

Resultado das eleições CRC e o nosso comportamento

Fonte: Aqui
Quem tiver interesse em olhar os resultados das eleições CRC 2015 Brasil afora, basta clicar aqui e terá acesso a um pdf disponibilizado pelo Conselho Federal de Contabilidade. Observem a quantidade de votos em branco nos locais onde há apenas uma chapa. Como foi no seu estado?

Lembrando que, das 27 unidades federativas:
DF e 15 estados com UMA chapa;
9 estados com duas chapas;
2 estados com três chapas.
Das 27 uf, 59% já sabiam quem seria o representante antes mesmo de qualquer eleição ou votinho ou site entrar no ar ou o que seja. Ahn? É isso mesmo. Só 11 estados puderam escolher!

A Claudia Cruz, do Ideias Contábeis, e eu divulgamos claramente (em mídias sociais) a nossa opção de voto em branco, mas muitas pessoas foram contra pois “não estávamos exercendo a nossa cidadania”. Sim Rio Grande de Sul e Rio de Janeiro, se eu fosse daí concordaria com vocês. Os dois estados que apresentaram TRÊS chapas merecem palmas!!! Os outros tantos com duas chapas merecem um tapinha nas costas. E os com chapa única? Pior: os com chapa única em um local onde os eleitores se esforçaram imensamente para descobrir quem era o representante (independente de ser chapa única, gostaria de saber mais sobre ela antes da votação) e não acharam bulhufas? Ainda são eleitores irresponsáveis por votarem em branco?

Minha Constituição Federal diz que o Brasil é um Estado Democrático de Direito. Diz também que “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente [...]”.

Se você só me apresenta uma opção, ainda é democracia? Não. Aí acrescentam a opção de votar em branco... aí sim. Ficou mais razoável...

Não estou dizendo que as chapas únicas mereçam vaias. Longe disso! Talvez, se houvesse concorrência, eu até teria votado naquela que, no fim das contas, ganhou. E eu não tiro a minha culpa na história. Pensando um pouco sobre tudo isso, admito a minha alienação. Só fiquei sabendo que haveria renovação de 1/3 do pleito quando a carta do Conselho chegou informando a senha temporária, por exemplo. Por que eu não soube disso antes? Por que eu nunca me informei sobre como funcionam os Conselhos, como os representantes são eleitos e quem pode e quando deve se cadastrar? Não sei, só sei que nunca o fiz. Por isso reclamo sim de uma chapa única, mas também me repreendo por não ter ao menos tentando incentivar a existência de outras chapas. Eu conheço algumas pessoas que muito se interessariam e em quem eu orgulhosamente votaria e incentivaria a se inscrever (aqui me refiro especialmente ao amigo Dimas Baldini).

Aí chegamos a outro ponto: por que na maioria do Brasil há apenas uma chapa? O Felipe, do blog Contabilidade & Métodos Quantitativos, questionou o pouco interesse Brasil afora.

Por que tantas chapas únicas?

Qual é a sua opinião sobre o assunto?

Na minha, há falta de divulgação e, mais ainda, de cobrança nossa para que as coisas sejam informadas e divulgadas, na do Felipe não vale a pena se aventurar por 1/3 do pleito. Que hipóteses você acrescentaria?

Esperamos que os representantes eleitos, independente de qualquer coisa, façam um bom trabalho. Agradecemos ao Glauber pelo toque a respeito da disponibilização do arquivo com os resultados, parabenizamos à Erlandia Pimentel que apresentou um pique e disposição que nos deve servir de exemplo e agradecemos, ainda, às chapas que nos concederam entrevistas ou conversaram com a gente de maneira mais informal nessas redes sociais por aí...

7 comentários :

  1. Percebo que a situação é de alívio por te acabado. Ninguém quer a responsabilidade. Me parece que na OAB é uma honra enquanto estar no CRC é algo que não atrai interesse. Em uma classe que deveria ser exemplo de ética e transparência, a politicagem é tão forte que perde a atração para a maioria dos líderes em potencial. Uma pena.

    ResponderExcluir
  2. No Facebook: Felipe Pontes Acredito realmente que brigar por 1/3 pode enfraquecer a briga pelos 2/3. Isso ficou claro para mim depois que vi alguns comentários de "oposição " às chapas únicas

    ResponderExcluir
  3. Erlandia Pimentel Precisamos mudar este cenário! Alguns acham que são donos do nosso sistema, o profissional da contabilidade desmotivado e totalmente alheio ao que acontece em nosso sistema.

    ResponderExcluir
  4. Joselita Barbosa Aqui em SP, já foi um divisor não ter chapa única. Observei que há uma insastifação geral. No universo de 148 mil contadores, a chapa que ganhou vai gerir novamente o Conselho com 35% dos votos , portanto com um alto índice de rejeição .A oposição teve 33 mil , em branco 26 mil e quase 50 mil não votaram. Creio que com esse resultado, vai incentivar novas lideranças a surgirem em SP, nas próximas eleições.

    ResponderExcluir
  5. Erlandia Pimentel, um exemplo de profissionalismo, uma grande contadora, que tenho a honra de contar sempre. Por mais pessoas assim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga , são pessoas assim como você , que nos dar forças para lutar pelo nosso sistema ! precisamos prestar bons serviços.

      Excluir