Translate

11 abril 2017

Toshiba Apresenta Demonstrações sem Parecer

Em maio de 2015 a empresa Toshiba informou que estava investigando um escândalo contábil e que iria rever os lucros dos três anos anteriores. O CEO renunciou logo depois diante a notícia que o lucro tinha sido inflado em 1,2 bilhão de dólar nos últimos sete anos. O preço das ações caíram, reduzindo o valor da empresa em 8 bilhões.

Em fevereiro deste ano informações que a empresa teve perdas de 3,4 bilhões em razão, principalmente, da subsidiária Westinghouse na área nuclear. As demonstrações contábeis que deveriam ter sido anunciadas naquele mês sofreram atrasos e o Chairman, ex-chairman da Westinghouse, renunciou. Em março a subsidiária nuclear da Toshiba buscou proteção no famoso “chapter 11”.

Hoje a empresa apresentou seus resultados, sem o relatório do auditor. A PwC Aarat LLC afirmou que não pôde formar uma opinião sobre os números da empresa, segundo informou a agência Reuters. Isto é algo inédito para uma empresa japonesa. E coloca em cheque as autoridades reguladoras do país, que precisariam agir fortemente para manter a credibilidade. Isto pode incluir a exclusão da negociação dos títulos na Bolsa de Tóquio, o que por sua vez pode agravar a situação da empresa. Há fortes questionamentos sobre a contabilidade da Westinghouse, com estimativa de perdas de 9 bilhões de dólares. Há propostas de compra de unidades da empresa.

Nenhum comentário :

Postar um comentário