Translate

03 abril 2017

Desempenho das empresas brasileiras piorou em 2016

Analisando o comportamento de 340 empresas no ano de 2016, em comparação com os três exercícios sociais anteriores, é possível perceber que o desempenho piorou. Usando quatro medidas contábeis de desempenho, que são tradicionalmente inquestionáveis, é possível verificar que somente em 52,35% dos casos os valores aumentaram em relação ao período anterior. Este percentual foi de quase 65% no exercício de 2013, tendo caído para 62% em 2014 e 55% em 2015.

Usando os valores de ativo, patrimônio líquido, receita e lucro líquido, a medida compara o valor do ano com o período anterior. Espera-se que as quatro medidas tenham aumentado para um desempenho razoável. Entretanto, isto só ocorreu em 63 das 340 empresas da amostra. Já em 50 casos ocorreu uma redução das quatro medidas. Em 2015 105 empresas aumentaram as quatro medidas e 23 tiveram redução.

Eis os campeões de desempenho ruim:

Maior redução de ativo = Petrobras
Maior redução do PL = Gerdau
Maior redução da Receita = Petrobras
Maior redução do lucro = JBS

Nenhum comentário :

Postar um comentário