Translate

27 dezembro 2016

Paradoxo Tullock

O Ministério Público da Suíça aponta que o envolvimento da Odebrecht em esquemas de corrupção era altamente lucrativo para a empresa. Segundo as investigações do país europeu, para cada US$ 1 milhão pago em propinas a políticos, funcionários públicos brasileiros e de estatais, a empresa lucrava US$ 4 milhões com contratos que lhe eram dados por aqueles que recebiam os pagamentos.

Jamil Chade, no Estado de S Paulo


Trata-se do paradoxo Tullock, em razão da teoria desenvolvida por este economista. O policial que não multa o motorista em razão de R$10 para o cafezinho é o exemplo disto. Para o motorista torna-se muito "vantajoso" do ponto de vista da análise custo e benefício de curto prazo. Para a sociedade (e para o Estado) é péssimo.

Existem três possíveis explicações para isto:

1. Eleitores podem punir os políticos muito corruptos ou que levam um estilo de vida acima das suas posses. Não seria interessante aos políticos exigir muito dinheiro;
2. Competição entre os políticos pode baixa o custo da propina;
3. Pode existir dúvidas sobre os corruptos e gerar desconfiança dos corruptores

Nenhum comentário :

Postar um comentário