Translate

25 março 2016

Fraude na Petrobras: o caso do passivo trabalhista

Além do prejuízo de R\$ 34,8 bilhões em 2015 e as perdas com desvios e fraudes, a Petrobras pode ter tido perdas bilionárias também com fraudes envolvendo fundos de pensão e rendimentos de empregados, informou o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES).

Ele contou que o conselho de administração da empresa já pediu a investigação das denúncias de que burocratas sindicais fizeram aumentar o passivo trabalhista da Petrobras de R$ 500 milhões para R\$ 12,3 bilhões de 2006 a 2014.

Esse valor é o dobro das perdas com corrupção admitidas pela Petrobras, comentou o senador. Além disso, segundo Ferraço, há denúncias de que cláusulas de acordos feitos com entidades, como a Federação dos Petroleiros, podem aumentar em R\$ 40 bilhões o estoque de dívidas trabalhistas da empresa.

[...]

Fonte: aqui

Nenhum comentário :

Postar um comentário