Translate

07 outubro 2015

Voltando

A Camargo Correa assinou um acordo para pagamento de 700 milhões de reais em razão dos desdobramentos da Operação Lava-Jato. A maior parte do recurso será destinada para Petrobras.

O pagamento para a Camargo Correa reduz os possíveis danos de uma condenação ou uma ação mais forte por parte da justiça brasileira. Trata-se de uma mudança importante na relação entre a justiça e as empresas. No passado as empresas esperavam que o processo encerrasse por prazo ou por uma atuação numa instância mais favorável. Entretanto, o volume de provas e o comportamento da sociedade brasileira tornaram esta estratégia arriscada.

O acordo também tem é interessante para os executivos, que terão uma pena mais branda nos julgamentos.

Para Petrobras o recebimento pode representar uma confirmação da decisão de fazer uma amortização em razão dos problemas de controle interno subestimada. No lançamento contábil dos efeitos da corrupção na empresa optou-se por um leve otimismo utilizando como argumento a possibilidade de a Petrobras conseguir reaver parte do dinheiro desviado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário