Translate

19 agosto 2015

Mercado de Trabalho para Contadores e Auditores



A tão alardeada “empregabilidade” de contadores e auditores parece que não resistiu a recessão. Este é pelo menos o que dizem os dados do Ministério do Trabalho, coletados e analisados pelo blog Contabilidade Financeira. Considerando dezembro de 2013 como marco inicial da coleta, os primeiros meses de 2014 mostraram um aumento no número de vagas para contadores e auditores, graças principalmente ao mês de janeiro. O número de demissões foi maior que o número de contratações até setembro. Mas o último mês do ano foi também o pior para os profissionais, que bateu o recorde de redução dos postos de trabalho no período analisado. A tendência negativa foi revertida em janeiro, quando o número de contratações superou o número de demissões. Mas este foi o único mês de 2015 onde isto ocorreu; em todos os demais, de fevereiro a junho de 2015, as demissões foram superiores.

Os números são válidos para o Brasil e dizem respeito ao mercado formal de trabalho, abrangido pelo Caged, a base de dados do Ministério do Trabalho. A figura mostra o desempenho frustrante do mercado de trabalho. Partindo do final de 2013, cada contratação e cada demissão foram somadas. Como em janeiro de 2014 se contratou mais que demitiu, o gráfico aponta um crescimento neste mês (a linha está crescente e acima do zero). A partir de fevereiro a curva aponta para baixo, com as exceções já comentadas de setembro e novembro de 2014 e janeiro de 2015.

Nenhum comentário :

Postar um comentário