Translate

21 agosto 2015

Aeroportos e Gestão da Receita

Imagine ser dono de um shopping center em cujas instalações os clientes são obrigados a permanecer por várias horas. Melhor ainda, todas as pessoas que frequentam o shopping são relativamente ricas e muitas delas se deixam levar pela alegria de estar saindo de férias. Agora imagine que o número desses shoppings centers especiais é rigidamente controlado, o que deixa o empreendimento numa situação de quase monopólio. Como se não bastasse, para frequentar o shopping é preciso pagar uma tarifa.

A revista The Economist (via Estado de S Paulo) mostra o bom negócio dos aeroportos. A lucratividade é elevada. Além disto, o investimento principal é a compra da concessão, que muitas vezes é "parcelada". O aeroporto é um exemplo da aplicação da gestão da receita. Em muitos setores, como hotéis, a gestão da receita é muito mais relevante que a contabilidade de custos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário