Translate

03 junho 2015

Resenha: Sem treino não se ganha jogo

Todo mundo sabe que a prática leva a perfeição. Todavia, praticar de maneira correta é tão importante quanto, ou mais importante que. Essa é a premissa do livro.

A obra é uma co-autoria de Doug Lemov, Erica Woolway e Katie Yezzi, traduzido para o português e publicado pela Da Boa Prosa, em 2014.

A ideia central do livro já vem logo no  título. Segundo os autores, passamos xampu todos os dias, mas não ficamos melhores nisto. Assim, o treino automático não ajuda a progredir, mas a prática bem elaborada é fundamental para isto. Segundo os autores, quanto mais somos melhores em fazer algo, mais precisamos de treino. Isto se aplica no futebol, no tênis, na sala de cirurgia e na escola. Assim, muitas vezes quando pensamos que chegamos ao topo profissional é que deixamos de progredir.

Veja o Vine a seguir

http://www.businessinsider.com/wimbledon-ball-boy-practice-vine-2013-11



O vídeo mostra o treinamento dos garotos que pegam a bola em Wimbledon. Parece algo banal, mas são necessárias horas de prática para fazer bem o seu serviço. E tome treino, assim como um Nadal treina seu saque ou voleio.

Diante disto, Lemov, Woolway e Yezzi apresentam 42 lições para o aprendizado. As lições são interessantes, mas de tão objetivas, ou óbvias, é um convite ao leitor pular o texto e ir direto para o resumo. Foi o que eu fiz a partir de uma determinada página do livro. E ao final do livro é curioso que parece que estes saltos não fizeram efeito sobre o conteúdo.

Vale a pena? O livro pareceu interessante pelo título e pela tese defendida. Alguns exemplos são bons e há um grande foco no treino de um professor para dar uma aula! Isto também é positivo para quem é professor. Mas tenho dúvida sobre a validade da obra.

Se decidir comprar o livro, sugerimos escolher um de nossos parceiros. O blog é afiliado aos seguintes programas:
Amazon Brasil
Americanas
Submarino
ShopTime
SouBarato.com.br-


Evidenciação: Livro adquirido com recursos particulares, sem ligações com os escritores ou a editora.


Nenhum comentário :

Postar um comentário